Todo Dia Um Rock

O Maior Portal de Rock do País!

MARILYN MANSON: Veja Repercussões das Acusações de Abuso

A atriz Evan Rachel Wood revelou na segunda-feira (1), em suas redes sociais, que havia sofrido abusos físicos e psicológicos do cantor Marilyn Manson.

No Instagram, a atriz relatou:

O nome do meu abusador é Brian Warner, também conhecido como Marilyn Manson.

Ele começou a me assediar quando eu ainda era uma adolescente e abusou terrivelmente de mim por anos. Eu sofri uma lavagem cerebral e fui manipulada à submissão.

Eu cansei de viver com medo da retaliação, difamação ou de chantagens. Eu estou aqui para expor esse homem perigoso e denunciar as indústrias que o permitem atuar, antes que ele arruine outras vidas.

Eu estou ao lado das muitas vítimas que não vão mais se silenciar.

Histórico

Em outras situações, anos antes, a atriz chegou a revelar que havia passado por situações de abuso. E como isso a afetava, porém não citou nomes.

Apesar das especulações a cerca dos relatos, a confirmação de que ela se referia à Manson só veio no início do mês.

Abaixo um vídeo divulgado no Instagram de Wood, no qual ela fala sobre seu relacionamento abusivo:

É muito difícil se sentir segura. Eu penso sobre isso todos os dias, de uma forma ou outra.

Eu não estou bem porque não importa o quanto eu trabalhe isso ou tenha trabalhado isso, eu ainda estou procurando um certo tipo de paz, procurando formas de me sentir segura.

Estou tentando colocar tudo isso pra trás, mas não sei se eu algum dia poderei fazer isso. Eu não estou bem porque não me lembro como é não sentir medo.

Testemunhas

Em uma entrevista ao site da revista Spin em 2009, Marilyn Manson disse que tinha “todos os dias a fantasia de pulverizar” o crânio de Wood “com um martelo”.

Além disso, Dan Cleary, um ex-funcionário de Manson, afirmou ter visto o cantor “destroçar” Evan Rachel Wood durante as semanas em que a atriz o acompanhou em turnê, em 2007 e 2008.

“Ele é um músico brilhante, um homem incrivelmente inteligente e engraçado”, escreveu ele no Twitter, “mas também é um viciado em drogas e capaz de abusos psicológicos e físicos”.

Apoio

Outras quatro mulheres, que afirmam ter tido uma relação afetiva com ele, acusaram o artista de manipulação, assédio, abuso e ameaças.

Uma delas também menciona vários estupros. Sua relação começou em 2015.

A ex-noiva de Manson, Rose McGowan, demonstrou apoio à Wood também por meio do Instagram:

Eu peço profundas desculpas a todas que sofreram o abuso e a tortura mental de Marilyn Manson.

Quando eu digo que Hollywood é um culto, eu quero dizer que a indústria do Entretenimento inclusive a indústria musical é um culto.

Cultos protegem a podridão do topo. Há uma doença neles e isso precisa ser freado. O complexo de fama da indústria escolhe quem eles vão proteger e quem eles deixarão que sejam suas vítimas. Para lucrar.

Eu estou do lado de Evan Rachel Wood e de todas aquelas que falaram ou vão falar sobre. E por favor não comecem com o ‘por que elas demoraram tanto tempo para falar disso?’ que humilha vítimas/sobreviventes, é o que faz com que outras não dêem esse passo.

E para todos aqueles que cobriram esses monstros, tenham vergonha. Se levantem e digam chega.

Resposta

Nesta terça-feira (2), Marilyn Manson respondeu às acusações, dizendo que são uma “distorção da realidade”.

Confira a publicação na íntegra:

Obviamente, minha vida e minha arte são há anos imãs para controvérsia, mas essas recentes declarações a meu respeito são distorções horríveis da realidade.

Meus relacionamentos íntimos sempre foram completamente consensuais, com pessoas que pensavam como eu.

Independente de como – e porque – outros estão escolhendo deturpar o passado agora, essa é a verdade.

Repercussão

Com a repercussão gigantesca das acusações ao cantor, a gravadora Loma Vista Records cancelou, ainda na segunda-feira (1), seus contratos atuais e futuros com Manson.

“Por causa das alegações perturbadoras de hoje feitas por Evan Rachel Wood e outras mulheres nomeando Marilyn Manson como seu abusador, Loma Vista vai parar de promover seu disco mais recente imediatamente”, afirmou a gravador em comunicado enviado à revista Hollywood Reporter.

“Com esses desenvolvimentos preocupantes, também decidimos não trabalhar com Marilyn Manson em quaisquer projetos futuros.”

Devido à decisão da gravadora, Marilyn perdeu também seus agentes.

Além disso, séries como “American Gods” e “Creepshow” decidiram não lançar os episódios em que o ator faz participações especiais.

“Devido às alegações contra Marilyn Manson, decidimos remover sua performance. A Starz apoia incondicionalmente todas as vítimas e sobreviventes de abuso”, afirmou a emissora Starz.

Compartilhe Com Seus Amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Todos os Direitos Reservados | OhPixel! .