Todo Dia Um Rock

O Maior Portal de Rock do País!

Novo Álbum do AC/DC Lidera Duas Paradas da Billboard em sua Segunda Semana de Lançamento

Além das paradas estadunidenses, “Power Up” segue no topo da parada britânica com recorde de vendas.

O novo álbum do AC/DC, lançado no dia 13 de dezembro, levou a banda australiana de volta ao topo de vários “charts” mundiais. Segundo a Billboard, “Power Up” vendeu, aproximadamente, 117 mil cópias na primeira semana nos Estados Unidos. Com a marca, o disco segue no topo da Billboard 200 (lista classificando os 200 álbuns e EP’s mais vendidos nos Estados Unidos) e na Artist 100 (lista que combina o desempenho nas paradas Hot 100, Billboard 200 e na Social 50). Ambas com atualizações semanais.

Já a Official Charts contabilizou 62 mil vendas na semana de estreia do décimo sétimo álbum do AC/DC, recorde do ano. “Power Up” também aparece no topo da parada britânica “Top 100” desta semana.

O álbum também está em primeiro lugar nas paradas da Alemanha, Bélgica, Itália, Finlândia, França, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Escócia, Suécia, Suíça e Austrália.

Em entrevista à Loudwire, ANGUS YOUNG agradeceu: “Um grande obrigado a todos que colocaram seu tempo, esforço e criatividade para levar ‘Power Up’ ao número 1! Também um grande abraço a todos os nossos fãs, antigos e novos. Vocês são, e sempre foram, nossa inspiração.”

“O que queremos fazer é apenas agradecer. Quer dizer, estamos abarrotados de relatórios de todo o mundo [que falam] sobre o álbum estar indo tão bem. Nós sabíamos que foi uma coisa muito boa o que tínhamos feito, você sabe, nós queríamos deixar Malcolm [Young] orgulhoso disso e isso nos deixou orgulhosos porque fizemos Malcolm orgulhoso. Ainda é emocionante até hoje. Até hoje o sentimento é como se fosse o primeiro álbum que lançamos”, acrescentou BRIAN JOHNSON.

“Power Up” não está sendo vendido no Brasil

O Brasil e outros países da América Latina ficaram sem o lançamento da mídia física do álbum. A informação foi confirmada pelo site AC/DC Brasil.

Segundo o site, “em um movimento de saída de países da América Latina, como Brasil e Argentina, a gravadora Sony Music parou com a produção, distribuição e também licenciamento de produção/distribuição de novos lançamentos de seu catálogo de artistas.”

Compartilhe Com Seus Amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Todos os Direitos Reservados |